Interrogada pelo sumiço da mãe, jovem confessa que a enterrou no quintal de casa

A filha de uma idosa de 77 anos, identificada como Helena Chagas da Costa, foi levada para a delegacia nesta segunda-feira (22), em Três Lagoas por suspeita de assassinato. A idosa, que sofria de Alzheimer, estava desaparecida desde o dia 2 de outubro e o seu desaparecimento foi registrado pela filha adotiva.

No entanto, denúncias anônimas de que a filha maltratava a mãe levaram a polícia até a casa onde as duas viviam. A mulher foi interrogada e levada para a delegacia depois de confessar ter enterrado o corpo da idosa no quintal de casa. Segundo o depoimento, a mulher enterrou o corpo na casa por desespero após a morte por causas naturais.

Em depoimento a mulher disse ter feito uma cova rasa para enterrar a mãe no quintal e camuflado com caixas de papelão.

O delegado que cuida do caso, Ailton Freitas da Silva, interrogou a mulher que está sendo investigada por assassinato. A mulher negou que tenha cometido o crime. Não há informações se ela foi liberada em seguida ao depoimento.

Fonte: Expressão MS