Justiça nega pedido de prisão domiciliar para cabeleireira acusada de matar o vendedor Camilo