Em oito anos, 228 portadores do vírus da Aids morreram em Três Lagoas

Na noite desta quinta-feira (29), aconteceu a abertura da Semana Prevenção das IST/AIDS, promovida pela Câmara Municipal de Vereadores de Três Lagoas. A solenidade contou com a participação do vice-prefeito, Paulo Salomão, secretária municipal de Saúde, Angelina Zuque, e vereadores Sirlene dos Santos Pereira, Luciano Dutra e professor Flodoaldo.

Na ocasião, houve palestra ministrada pelo médico Delson do Nascimento, que fez uma abordagem sistematizada sobre o HIV e as Hepatites Virais. Além disso, o evento contou com um depoimento de uma portadora do vírus.

Números

Conforme dados do Programa Municipal IST/AIDS e Hepatites Virais de Três Lagoas, em 2016, foram registrados 83 novos casos (27 mulheres e 56 homens), sendo que neste ano, até agora, são 89 (58 homens e 31 mulheres).

De 2009 a 2017, 228 portadores de HIV morreram em Três Lagoas.

Durante o evento, a vereadora Sirlene, propositora do evento, destacou a alta incidência da doença entre jovens. "A maioria dos casos foi registrado em pessoas com idade variando de 20 a 30 anos, 37 casos. Outros 26 casos, foram registrados em pessoas com idade variando em 31 anos a 40 anos", informou a parlamentar.

Continuação

Hoje (30), segundo dia de evento, os temas em destaque foram: a Sífilis e a Aids, pela médica Clarice Souza Pinto; Prep (Profilaxia Pré-Exposição) e PEP (Profilaxia Pós-Exposição), pela médica Francielle Garcia e Coletores de lixo (problematização sobre a saúde desses trabalhadores), pela psicóloga Susie Donero; e o teste rápido, feito pelo enfermeiro Jessé Milanez dos Santos.

Fonte: Expressão MS