Casa do Artesão ganhará espaço no aeroporto municipal para comercialização

O diretor de Cultura, Rodrigo Fernandes, apresentou à administração do Aeroporto Plínio Alarcon, de Três Lagoas, um projeto para que a Casa do Artesão tenha um espaço no local, para a comercialização de objetos produzidos por artistas da cidade e para a divulgação da Casa aos turistas que chegam diariamente a passeio ou a trabalho.

Eduardo Nakamura, coordenador da Casa do Artesão explicou que o local abriga muitos artistas da cidade, que expõe e vendem no local. Sayuri Baez, gestora do aeroporto, vê como uma oportunidade para a cidade. "É uma oportunidade para as duas partes, porque vemos gente do mundo inteiro passando por aqui todos os dias, cada um que passar e puder levar uma lembrança de Três Lagoas trará um reconhecimento ainda maior da cultura local".

Rodrigo Fernandes agradeceu a receptividade da administração do aeroporto, e destacou a importância do projeto. "É uma grande oportunidade para o Departamento de Cultura o desenvolvimento desse projeto, lembrando que o artesanato traz o desenvolvimento local e economia criativa para Três Lagoas. Além disso, é uma forma de mostrar ao público a nossa cultura e o que temos de melhor em Três Lagoas".

Eventos na Casa do Artesão

Começou no dia 18, a exposição de telas "Haitianos no Brasil", na Casa do Artesão, já conhecida pelo público três-lagoense, mas sempre com novos trabalho a serem observados e que também estão disponíveis para compra. As telas estarão expostas até o dia 31 de março.

Nos dias 23, 24 e 25, também em horário comercial, haverá a Feira de Orquídeas e Rosas do Deserto, realizada pelo Orquidário Santa Ana, que fará um sorteio de rosas do deserto no último dia da feira. As plantas são de espécies varias e com preços acessíveis à população.

Fonte: Expressão MS, Março de 2017

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.